Bichectomia → Leia Isto Antes de Fazer!

Olá, aqui é o Dr. Rocha falando e hoje quero falar sobre um tipo de cirurgia plástica que vem ganhando cada vez homens e mulheres mundo afora: A bichectomia.

 

O Que É

A bichectomia nada mais é do que uma cirurgia plástica em que há aBichectomia o que é retirada total ou então parcial de duas bolsas de gordura presentes em cado lado de nossa boca – mais precisamente entre o maxilar e mandíbula, chamadas de “bolas de bichat”.

As bolas de bichat nada mais são do que bolsas de gordura e estarão sempre presentes mesmo a pessoa estando ou não acima do peso. Esse tipo de cirurgia tem como finalidade reduzir o volume da parte inferior do rosto.

Indicação Da Cirurgia

Esse tipo de cirurgia é indicado para quem tem a intenção única e exclusiva de afinar o rosto, ou seja, trata-se de uma cirurgia puramente estética. Aqui é importante dizer que a cirurgia não é a única forma de eliminar as gorduras corporais indesejadas como muita gente pensa. Métodos naturais, como os que eu ensino detalhadamente no Treinamento Viver Magra em 7 semanas, proporcionam resultados incríveis sem a necessidade de correr riscos cirúrgicos desnecessários.

 

Como É Feita A Cirurgia

Muitas de minhas alunas possuem o desejo de realizar algum tipo decirurgia plástica cirurgia plástica, sendo assim, a questão a qual foi submetido é ligeiramente delicada: Dr. Rocha, como é feita a cirurgia de bichectomia.

Explicarei a seguir, como é feito esse delicado procedimento cirúrgico.

Quando a bichectomia é feita sem associação a nenhum outro tipo de procedimento, a cirurgia é feita de maneira intraoral, ou seja, por dentro da boca. Isso ocorre pelo simples fato das mucosas bucais terem melhor cicatrização e não deixar marcas aparentes.

Sendo assim, a paciente recebe anestesia geral ou anestesia local e sedação. Logo em seguida, o médico procura as marcas anatômicas no interior da boca que indicam onde estão localizadas as bolas de bichat.

É feita uma incisão e as bolsas de gordura são removidas de maneira parcial, dificilmente esse tipo de cirurgia irá retirar as bolas de bichat inteiramente.

No entanto, há outra forma de realizar esse procedimento cirúrgico.

Caso alguma outra cirurgia que envolva uma incisão na pele esteja sendo feita, como o lifting facial, por exemplo, a bichcetomia pode ser feita de maneira associada.

Nesse caso, quando a pele for levantada para que haja um reposicionamento, o médico já aproveita o corte realizado para o procedimento anterior e remove as bolas de bichat.

Procure Um Profissional Adequado

A bichectomia é um procedimento cirúrgico moderadamente invasivo aos pacientes. Caso você acredite que vale a pena correr o riso e fazer a cirurgia, eu recomendo que você procure por profissionais médicos que tenham especialidades comprovadas na área, como cirurgiões plásticos, por exemplo.

Principais Benefícios

Dentre os principais benefícios que envolvem a prática desse tipo de cirurgia plástica, normalmente os médicos idealizadores e as pacientes que passaram pelo procedimento, afirmam que as principais vantagens de se submeter a técnica cirúrgica são:

  • Diminuição excessiva do volume das bochechas;
  • Aumento exponencial do sentimento de autoestima;
  • Permite maior segurança a qualquer pessoa com relação à sua beleza;
  • Faz com que os traços do rosto fiquem mais finos e delicados.

Pré-Requisitos Para Realização Da Cirurgia

Antes de se submeter a bichectomia é importante que a paciente passe por uma avaliação clínica realizada pelo profissional que executará a cirurgia, para que ela possa avaliar se há real indicação do procedimento e principalmente quais são as expectativas da paciente com relação ao tratamento.

Passada a avaliação é importante que a paciente seja submetida a realização de exames considerados como pré-operatórios, como glicemia em jejum, hemograma completo e principalmente coagulograma.

Esses exames demonstrarão se a paciente possui condições de enfrentar a determinada cirurgia.

Além disso, é importante que a paciente também passe pela avaliação de um cardiologista, se o cirurgião plástico julgar necessário. Ao passar por um cardiologista, serão analisadas a presença de pressão alta, chances de problemas no coração e até mesmo riscos de AVC – problemas que podem complicar uma cirurgia.

Riscos Que Envolvem O Procedimento Cirúrgico

Muitas de minhas alunas possuem uma preocupação exacerbada com seu bem-estar. Acredito que elas estão corretas em ter esse tipo de preocupação. Por isso elas me fazem o seguinte questionamento: Dr. Rocha, quais são os riscos que envolvem a cirurgia de bichectomia?

A bichectomia é uma cirurgia relativamente simples e fácil de ser realizada. É muito difícil algo dar errado durante sua realização, mas como toda e qualquer cirurgia plástica, existe uma série de riscos que precisam ser levados em consideração.

  • Riscos de hemorragia;
  • Problemas de coagulação;
  • Infecções hospitalares provenientes de bactérias;
  • Parestesia fácil – que nada mais é do que uma paralisia na região do rosto que pode ser danificada devido aos nervos que podem ser cortados e/ou lesionados durante a realização do procedimento cirúrgico.
  • Lesão da glândula parótida – responsável pela produção de saliva;
  • Lesão do ducto parotídeo – canal de exteriorização da saliva;
  • Assimetria facial;

Para evitar ou então minimizar esses riscos, a melhor coisa é escolher um bom cirurgião plástico que trabalhe em uma boa clínica e/ou então hospitais de referência.

Sempre que minhas alunas me questionam sobre cirurgias plásticas no rosto eu digo a eles que procurem por um profissional que seja experiente e tenha pleno conhecimento da anatomia facial.

Contraindicações

Pessoas que possuem problemas de saúde, como doenças infecciosas ativas, são contraindicadas a realizar esse tipo de procedimento cirúrgico. Além disso, pessoas com expectativas irreais sobre procedimentos estéticos não devem realizar esse tipo de operação.

Alimentação Estratégica Pode Evitar Esse Tipo De Cirurgia

Como costumo afirmar, uma alimentação estratégica é capaz dealimentação estratégica prover uma série de benefícios a todo e qualquer tipo de pessoa.

Qualquer paciente que se submete a um procedimento cirúrgico estético, tem como intenção emagrecer ou então afinar e até mesmo remodelar determinada parte do corpo, por essa conter gordura de mais em sua opinião.

Com a bichectomia a história se repete.

Quem se submete a esse tipo de procedimento quer retirar bolas de gordura da face.

Ao praticar uma alimentação estratégica, e adotar bons modos como reeducação alimentar e prática de atividade física, verá seu percentual de gordura corporal automaticamente diminuir – algo que diminuirá a gordura em todas as partes do corpo.

Portanto, evitar alimentos ricos em carboidratos e investir no consumo de vegetais verdes folhosos, gorduras de qualidade e proteínas de alto valor biológico, além de trazer uma série de benefícios, também evita que pessoas se submetam a cirurgias plásticas que poderiam ser evitadas.

Tudo isso e muito mais eu ensino no Treinamento Viver Magra em 7 semanas. Adotando uma alimentação estratégica e funcional, é possível queimar toda a gordura indesejada e reduzir medidas. Tudo isso de forma segura e natural, sem precisar enlouquecer contando calorias.

Confira no link abaixo os primeiros vídeos da jornada rumo ao emagrecimento saudável. Milhares de pessoas já começaram o treinamento e mudaram de vida, conquistando o corpo perfeito que sempre queriam.

 

Ainda hoje, você vai poder iniciar o seu treinamento no conforto da sua casa e economizará muito dinheiro. Você também contará com o suporte de nutricionistas especializados em emagrecimento e perca de gordura e vai trocar experiências com quem já viu os resultados, tudo isso em uma plataforma exclusiva.

Confira o método cientificamente comprovado pelas maiores universidades do mundo e se surpreenda.

 

 

Eu vou ficando por aqui!

Me despeço desejando saúde, paz, amor, sorte e felicidade.

Gostou do artigo? Compartilhe e comente.

Forte abraço e até a próxima.

Posts Relacionados

Comentarios

E ai gostou? Deixe aqui seu comentário