Bursite → Causas, Sintomas… Dicas para Prevenir o Problema!

Olá, aqui é o Dr. Rocha falando. Como vão vocês?

No artigo de hoje, trago muitas informações sobre um problema de saúde popular que acomete um grande número de pessoas. A bursite. Se você sofre com esse tipo de problema, a leitura a seguir, é mais do que recomendada.

 

Explicando a Bursite

dor no ombroA bursite é a inflamação que ocorre na bolsa sinovial.

A bolsa sinovial é um tipo de cápsula, cheia de líquido, que se localiza em uma articulação, onde dois ossos são unidos por tendões e ligamentos. A principal função da bolsa sinovial é amortecer movimentos e evitar a ocorrência de atrito entre ossos.

Esse tipo de problema de saúde pode ser crônico ou agudo.

Principais Áreas de Ocorrência

A bursite pode acometer as seguintes estruturas:

  • Calcanhares;
  • Cotovelos;
  • Dedos;
  • Joelhos;
  • Ombros;

Geralmente ocorre em articulações que realizam movimentos ou esforços de modo repetitivo.

Principais Causas

Na minoria dos casos, as causas não possuem nenhum tipo de origem determinada.

Esse tipo de problema apresenta os seguintes fatores como causas:

  • Excesso de movimentos repetitivos;
  • Processos infecciosos;
  • Lesão causada por trauma;
  • Desidratação de tendões;
  • Diminuição do líquido sinovial;
  • Utilização de determinados medicamentos.

Algumas doenças, podem contribuir para a instalação desse tipo de processo inflamatório. Dentre as patologias causadoras de bursite estão:

Sintomas

dor nas articulaçõesA bursite é um problema de saúde capaz de diminuir a qualidade de vida de quem é afetado. Por conta disso, minhas alunas curiosas me questionaram: Dr. Rocha quais são os sintomas de bursite?

Os sintomas surgem de modo lento e gradual e tendem a se agravar ao longo dos dias ou semanas. Inicialmente, causam pequenos incômodos, porém, com o passar do tempo, eles aumentam de intensidade, podendo se fazer presentes até mesmo quando a pessoa está em repouso.

Os sinais clássicos dessa patologia são:

  • Dores nas articulações;
  • Sensibilidade ao redor da articulação afetada pelo processo inflamatório;
  • Rigidez da articulação inflamada;
  • Dificuldade para realização de movimentos;
  • Inchaço;
  • Calor e vermelhidão localizados;
  • Pontadas;

Fatores de Risco

Como acontece em muitas outras patologias, a bursite possui fatores de risco bem determinados. São eles:

  • Idade;
  • Trabalho excessivo;
  • Sobrepeso ou obesidade;
  • Doenças pré-existentes.

Falarei como cada um desses fatores pode contribuir para o surgimento dessa dor.

Idade

A bursite tem maior recorrência em pessoas da terceira idade;

Trabalho excessivo

Pessoas que trabalham em atividades que necessitem a realização de movimentação repetitiva, como pintores, músicos, jardineiros e até mesmo atletas, por exemplo, têm maiores chances de desenvolver o problema de saúde;

Sobrepeso ou obesidade

O excesso de peso tende a sobrecarregar as articulações, principalmente as do quadril, joelhos, tornozelos e calcanhares, facilitando a instalação da dor;

Doenças pré-existentes

Doenças inflamatórias sistêmicas, e até mesmo algumas autoimunes, como é o caso do diabetes, podem facilitar a ocorrência da bursite.

Multi Calcium garante saúde às articulações e Previne a Dor

Como o Multi Calcium pode prevenir a bursite, Dr. Rocha?

É simples. Por meio de uma fórmula única, que une Vitamina D, Cálcio, Magnésio e Zinco, o Multi Calcium promove:

  • Fortalecimento de ossos, cartilagens, tendões e musculaturas;
  • Potencialização de neurotransmissores ligados ao prazer, diminuindo tensões musculares e prevenindo a inflamação articular;
  • Regularização de reações de equilíbrio no organismo.

Por isso, eu afirmo, que além de prevenir, esse incrível suplemento, pode ainda, acelerar o tratamento de pacientes diagnosticados com essa patologia.

 

 

Diagnostico

tratamento bursiteO diagnóstico é relativamente simples. Por meio de uma anamnese detalhada, assim como a realização de exame físico e questionamentos sobre os sintomas, o médico, pode suspeitar da presença de inflamação na bolsa sinovial.

Entretanto, somente após a realização de alguns exames, será possível diagnosticar corretamente a doença.

Raio-X e ultrassonografia, são os exames mais comuns para diagnosticar um quadro de bursite. Além disso, exames de sangue, como hemograma completo, VHS e PCR são capazes de demonstrar presença de processo inflamatório – característica típica de bursite.

Tratando o Problema

Geralmente, as primeiras medidas para o tratamento são paliativas e visam diminuir a dor e o desconforto gerado pelo problema. Aplicação de gelo sobre a articulação inflamada, assim como permanecer determinado período em repouso são recomendações médicas iniciais.

O tratamento, pode envolver as seguintes medidas:

  • Uso de medicamentos;
  • Terapias;
  • Punções;
  • Prática de atividades físicas;
  • Cirurgias;

Uso de medicamentos

É comum que medicamentos como anti-inflamatórios e analgésicos sejam utilizados para resolução do problema. Em casos de bursite ocasionadas por infecções, antibióticos também podem ser ministrados.

Outro tipo de medicamento utilizado para tratar esse problema é o corticoide. Injeções de corticosteroides diretamente na bolsa sinovial inflamada traz alívio dos sintomas e em muitos casos é capaz de reverter o processo inflamatório.

Terapias

Sessões de fisioterapia e até mesmo acupuntura auxiliam na diminuição da dor e fragilidade das articulações afetadas. A fisioterapia é capaz ainda de acelerar o processo de desinflamação. Trazendo alívio de modo mais rápido e eficaz aos pacientes portadores do problema.

Punções

Punções podem ser realizadas para diminuir o excesso de líquido no interior da bolsa sinovial. Essa prática diminui a pressão interna, o que traz alívio ao paciente. Além do mais, com menor volume de líquido sinovial em seu interior, o processo inflamatório tende a regredir mais rapidamente.

nataçãoPrática de atividades físicas

Atividades físicas que não envolvem impactos, como natação e hidroginástica são recomendadas para quem tem bursite. Sem impacto, elas oferecem aumento de força muscular, generalizada. Isso diminui a sobrecarga sobre as articulações da bolsa sinovial, revertendo o problema de saúde.

Cirurgia

Quando todos os tratamentos não surtem efeito, então o paciente pode ser submetido a uma cirurgia. No entanto, a cirurgia para tratar o problema é relativamente rara, e só é feita em menos de 3% dos casos.

Convivendo com o Problema

Por se tratar de um processo inflamatório, é uma condição de saúde que pode ser facilmente revertida.

Após reversão, alguns cuidados específicos, como, manutenção de peso, fortalecimento da musculatura e uso de suplementos alimentares, podem evitar que a bursite volte a causar algum tipo de transtorno.

Caso você queira receber mais informações sobre como prevenir e tratar doenças por meio da alimentação estratégica, sem precisar ingerir vários remédios por dia, basta clicar no botão abaixo e se cadastrar.

Ao se cadastrar no meu Portal “Dr. Rocha Com Você”, você terá acesso a informações de elevado nível de evidência científica que irão revolucionar a sua qualidade de vida e te fornecer muito mais saúde.

Você vai aprender a se cuidar sozinho, vai se livrar dos remédios desnecessários e sentir na pele os resultados.

 

Caso você ainda tenha dúvidas sobre esse problema de saúde, deixe um comentário! Minha equipe responderá o mais rápido possível. Essa troca de informações é extremamente saudável e gera cada vez mais conhecimento.

Eu vou ficando por aqui.

Me despeço desejando amor, paz, felicidade e sorte.

Grande abraço e até breve.

Dr. Rocha

Posts Relacionados

Comentarios

  1. Sheila

    Gostei de saber sobre as causas.

    • suporte@drrocha.com.br

      😉
      Equipe Dr. Rocha.

  2. Rosário gomes

    Dr eu adquiri o viver magra recentemente mas ja estou tendo resultados, obrigada!

    • suporte@drrocha.com.br

      Que notícia boa!
      Equipe Dr. Rocha.

  3. José Pacheco

    Preço do vita q10 e como adquirir.

  4. Nilma

    Perco as horas nas redes sociais do dr…

    • suporte@drrocha.com.br

      É sempre bom aprender coisas novas!
      Equipe Dr. Rocha.

  5. ALEXANDRE CUNHA COSTA

    ESQUECI MINHA SENHA DO DIABETES CONTROLADA O QUE EU FAÇO

  6. Edvânia Pescolta

    Olá Dr meu marido está adorando a nossa nova alimentação. Que felicidade!

    • suporte@drrocha.com.br

      Que bom, Edvânia! Mantenha o foco.
      Equipe Dr. Rocha.

  7. Mariele Souza

    Site do vita q10 poe favor?

  8. Lurdes

    Ola sou diabetes tipo 2 qual acucar posso usar?

    • suporte@drrocha.com.br

      Stevia ou sucralose.
      Equipe Dr. Rocha.

  9. Otavio

    Minha esposa esta adorando os seus conselhos pois ela esta emagrecendo e ficando ainda mais linda… Excelente!

    • suporte@drrocha.com.br

      Que ótimo, Otavio!
      Equipe Dr. Rocha.

  10. Lenadra Oliveira

    Como saber se tenho Bursite?

    • suporte@drrocha.com.br

      Recomendamos que procure um médico presencial para que ele possa analisar o seu quadro clínico e te auxiliar da melhor forma!
      Equipe Dr. Rocha.

E ai gostou? Deixe aqui seu comentário