Pipoca → Engorda ou Emagrece? É Saudável? (Descubra AQUI!)

Olá, aqui é o Dr. Rocha falando e hoje iremos abordar um alimento um tanto quanto polêmico no que diz respeito ao emagrecimento: A pipoca.

Como se sabe, a pipoca é um dos alimentos mais populares de todo o mundo, seja para fazer um simples lanche, ou então para aquela divertida ida ao cinema.

A pipoca nada mais é do que um milho que explodiu, após ter sido exposto ao calor. O milho contém água em seu interior, quando essa água é submetida altas temperaturas ela não tem para onde sair, o que leva o grão a se expandir e consequentemente explodir dando origem a tão famosa pipoca.

Pipoca engorda ou emagrece?Pipoca Engorda ou Emagrece?

Muitas alunas me questionam da seguinte forma: Dr. Rocha, eu ouvi dizer que a pipoca é um ótimo alimento para emagrecer, é verdade?

E eu respondo que infelizmente, não! Diferente do que muitos profissionais da saúde pregam na internet e até mesmo em consultório, a pipoca pode ser a grande vilã do emagrecimento, pois na verdade esse alimento nada mais é do que milho, que quando consumido de maneira excessiva pode ser um grande vilão quando o assunto é saúde, emagrecimento, além de um corpo bonito, é claro.

Informações Nutricionais do Milho

Como citei, a pipoca é o milho que explodiu, e os valores nutricionais do milho não são muito amigáveis.

100 gramas de milho contêm:

  • Aproximadamente 400 calorias que estão distribuídas em:
  • 10g de proteína;
  • 5g de gordura;
  • E assustadoras 70g de carboidratos.

Embora o milho contenha doses de fibras, vitaminas e alguns minerais, seu alto teor de carboidrato é uma verdadeira armadilha para quem deseja emagrecer.

Quando falo que o milho da pipoca tem carboidrato, normalmente recebo o seguinte questionamento: Dr. Rocha, qual o tipo de carboidrato presente no milho da pipoca?

O carboidrato presente no milho da pipoca é o amido. Um dos piores tipos que existem. O amido nada mais é do que um carboidrato simples que eleva rapidamente os níveis de glicose de quem o ingere, ou seja, aumentam a taxa de açúcar no sangue de maneira muito rápida.

Essa grande concentração de açúcar no sangue faz com que altas doses de insulina sejam necessárias para estocar o excesso de glicose ocasionado pela ingestão do amido que foi obtido através da ingestão de pipoca. Quanto mais insulina for necessária para armazenar o açúcar, maior será a quantidade de gordura armazenada.

Nosso corpo transforma todo o excesso de açúcar no sangue em gordura, pois é a melhor forma de armazenar energia para usos futuros, por isso é possível afirmar sem medo algum, que a dieta da pipoca não funciona.

Como Fazer PipocaComo Fazer Pipoca

Com a evolução das tecnologias culinárias, muitas receitas evoluíram. A maneira como se faz a pipoca hoje em dia é diferente do que alguns anos atrás.

Hoje é possível preparar diretamente na panela, utilizando uma fonte para transferir calor para o milho, como óleo e manteiga, por exemplo.

Além disso, é possível fazer pipoca sem óleo no micro-ondas utilizando apenas água, além claro da famosa pipoca pronta, onde basta apenas colocar o saco com o milho voltado para o lado sugerido pelo fabricante, esperar um tempo pré-determinado e por fim ingerir a pipoca.

A pipoca sem óleo é ainda pior. Digamos que você utiliza uma gordura boa para fazer pipoca, como a manteiga. E de repente, você decide fazê-la sem. A gordura é que trás mais valor nutritivo e saciedade as refeições, se você retira ela de qualquer alimento, provavelmente ele não irá deixa-la saciada por muitas horas.

Mas, a maneira de preparo não altera a natureza do alimento, ou seja, se você preparar na panela, no micro-ondas, ou com água o milho continuará a existir e a sua quantidade de carboidrato continuará lá.

Além disso, é preciso atentar que quando comprada pronta apenas para estourar no micro-ondas a pipoca contém altas doses de sódio, corantes e conservantes, algo totalmente maléfico para saúde. Portanto diferente do que muita gente pensa pipoca de micro-ondas engorda.

É necessária uma atenção muito grande com o que se ingere quando o assunto é perder peso e também se manter saudável. É muito fácil ganhar peso comendo pipoca. Por isso que sempre prego que a alimentação deve ser estratégica.

Alimentação Estratégica é a Melhor Forma para Emagrecer Saudável

A alimentação estratégica é a melhor forma de se manter saudável e dentro da faixa de peso ideal

A alimentação deve seguir os princípios que sempre defendo e gosto de citar por aqui: Quem busca se manter no peso e ter uma vida saudável, tranquila, prazerosa e feliz deve priorizar ingestão de determinados grupos de alimentos.

Uma alimentação saudável prioriza boas quantidades gorduras estratégicas e saudáveis presentes em alimentos de origem animal e de proteínas de alto valor biológico – como carnes, ovos, peixes, leites e queijos, e deve unir a esse grupo alimentar a boas fontes de fibras como os vegetais verdes e folhosos como espinafre, rúcula, brócolis, por exemplo.

Esse tipo de alimentação evita a presença excessiva de carboidratos, principalmente os simples e refinados como arroz, farinhas brancas, pães, assim como alguns grãos cujo elemento principal seja o amido, como é o caso do milho. É importante ressaltar que em grandes quantidades o milho engorda.

Não dê créditos a tudo o que você vê na internet. Em algumas ocasiões os alimentos que aparentam ser bons, podem desmoronar toda a sua dieta, bem como sua saúde.

Foi o que mostrei para vocês hoje, de nada adianta um alimento conter altas doses de vitaminas e minerais e ser rico em carboidrato – que é uma escolha alimentar nada inteligente para quem busca saúde, além de um corpo bonito!

Dessa maneira, reforço o que digo sempre: Busque uma alimentação estratégica que nutre e dá saciedade, com boas escolhas alimentares e colha os frutos disso. São muitos os benefícios dessa prática!

Eu vou ficando por aqui.

Me despeço de você desejando saúde e felicidade.

Gostou do nosso texto? Curta, compartilhe e também comente.

Forte abraço e até a próxima.

 

Posts Relacionados

Comentarios

  1. Noeli Alves dos Santos

    Dr Rocha , muito bom dia! Eu gostaria de saber se outros derivados do milho,como a polenta ,por exemplo,tem os mesmos valores calóricos da pipoca?

    • suporte@drrocha.com.br

      Olá, agradecemos muito o seu contato! Mas por questões de comprometimento com a saúde das pessoas, nosso suporte nutricional é direcionado apenas para os alunos que seguem os treinamentos.
      Qualquer dúvida peço por gentileza que encaminhe um e-mail para o suporte do Dr. Rocha: suporte@drrocha.com.br.
      Grande Abraço!
      Equipe de suporte!

  2. Magda

    Nossa eu como pipoca de noite achando que era um alimento leve. Feito com manteiga. Vou ter que parar. Obrigado doutor Rocha

  3. Gorete Medeiros

    Olá Dr. Rocha, boa tarde! Mto obrigada pela informação. Um fato curioso que a A pipoca sem óleo é ainda pior. Eu comprei uma pipoqueira eletrica para não utilizar o óleo, pensando que seria a forma mais saudável.

E ai gostou? Deixe aqui seu comentário