Carne → Como Avaliar A Procedência? (SAIBA TUDO AQUI!)

Olá, aqui é o Dr. Rocha falando e hoje vamos abordar um assunto que se tornou um tanto quanto polêmico após uma operação realizada pela Polícia Federal em uma série de frigoríficos pelo país: A carne.

 

Definição

A carne nada mais é do que a parte muscular do corpo dos animais e também do ser humano. O termo admite uma série de usos e significados. A utilização mais frequente diz respeito à forma de ingerir esse tipo de alimento.

Diferentes Animais

Atualmente o ser humano ingere uma grande diferença de tipos e qualidades de carne, entre os cortes de animais consumidos frequentemente estão:

  • Bovino (vaca);
  • Suíno (porco);
  • Aves;

Benefícios

Embora o vegetarianismo e o veganismo estejam crescendo em todos os lugares do mundo, ainda existe uma grande parcela de pessoas que ingerem carne pensando basicamente na obtenção de proteínas, vitaminas e minerais.

Pensando na composição nutricional desse tipo de alimento, minhas alunas me fazem o seguinte questionamento: Dr. Rocha, quais são os benefícios de ingerir carne para nossa saúde?

Os benefícios do consumo desse tipo de alimento são inúmeros.Citarei a seguir os que julgo serem os melhores, confira:

Grande quantidade de proteínas

massa muscular

A carne é um alimento rico em proteínas, além de oferecer grandes quantidades de fostato, aminoácidos e vitaminas que não encontrados em proteínas de origem vegetal, como a vitamina B12, por exemplo.

A proteína vegetal é menosbiodisponível que a proteína de origem animal, ou seja, seus benefícios ao organismo não são tão completos quando comparadas às provenientes de origem animal.

A grande quantidade de proteínas presente nesse tipo de alimento favorece o ganho de massa muscular, por isso sua ingestão por frequentadores de academia é relativamente alta e constante.

Controle da glicose sanguínea

Por não conter carboidratos em sua composição, esse tipo de alimento auxilia no controle da glicose sanguínea.

Manter a glicemia estável traz uma série de benefícios à saúde, tais como: prevenção contra alteração de humor, menor índice de compulsão alimentar e ainda combate a resistência insulínica, algo que previne e pode ajudar na  prevenção e tratamento do diabetes.

Maior oxigenação corporal

O consumo desse tipo de alimento ainda é capaz de melhorar aoxigenação corporal oxigenação corporal. Isso devido ao fato de possuir altas doses de mioglobulina e também ferro em sua composição, substâncias que favorecem o transporte de oxigênio pelo sangue para basicamente todo o corpo.

O aumento da oxigenação permite a prática de atividades físicas mais intensas, proporciona maior clareza mental e potencializa a sensação de bem-estar, pois oxigênio em excesso na corrente sanguínea funciona como antidepressivo.

Queima de gordura e potencialização do sistema imunológico

Independentemente de qual seja sua origem, esse tipo de alimento contém altas doses de ácido linoleico conjugado em sua composição, também chamado de CLA.

O CLA quando ingerido de maneira frequente e aliado a práticas de atividade física promove queima de gordura, algo que automaticamente favorece a perda de peso.

O ácido linoleico também é capaz de potencializar o funcionamento do sistema imunológico, protegendo o organismo contra uma série de infecções de origem bacteriana, viral e até mesmo fungíca.

Previne carências nutricionais

É comum ouvirmos de profissionais da saúde, principalmente nutricionistas e médicos que pessoas que quem não consome alimentos de origem animal podem apresentar algumas carências nutricionais.

Vegetarianos e veganos normalmente precisam ingerir suplementos vitamínicos, pois os alimentos de origem vegetal não possuem determinadas vitaminas e aminoácidos presentes em sua composição.

 

Como Conferir A Qualidade

Com a operação deflagrada pela Polícia Federal, muitas pessoas ficaram acuadas pensando na qualidade do consumo desse tipo de alimento. Por isso muitas alunas me fizeram o seguinte questionamento: Dr. Rocha, como posso saber que a carne que estou ingerindo é de boa qualidade?

Existem algumas dicas para conferir a qualidade do produto antes de ingeri-lo, mostrarei a seguir como proceder para verificar as particularidades antes do consumo.

Carne de boi e de porcocarne de boi e de porco

No caso desse tipo de alimento, quando estão estragados normalmente tendem a apresentar variações de coloração.

Se houver manchas de cores semelhantes ao cinza e também esverdeadas acompanhadas de uma textura viscosa e rançosa, não as consuma. Isso é sinal de podridão e seu consumo certamente trará malefícios à saúde.

Carne de frangocarne de frango

No caso do frango, o principal diferencial de qualidade é o odor característico de azedume, algo que remete ao cheiro de amoníaco.

Com relação a coloração, as nuances que mostram que há algo de errado geralmente variam entre amarela e esverdeadas. Muitas vezes o frango pode apresentar uma aparência bonita e um gosto bom.

Por isso a melhor maneira de observar a qualidade do frango é através do cheiro e sempre consumir esse tipo de alimento bem passado.

Carne de peixe

Quando o assunto é qualidade do peixe a melhor forma de se observar se está estragado ou não é através do cheiro. Além disso, ele normalmente apresenta algumas variações de cores, como marrom, amarelo e cinza e até mesmo uma opacidade.

Com relação ao aspecto se o peixe estiver duro ou então apresentar alto grau de descamação é um sinal típico de que está estragado.

Um adendo importante sobre peixes, é que com o aumento de consumo de “comida japonesa” automaticamente se aumentou o consumo desse tipo de alimento cru, portanto se você for ingerir peixe cru, faça isso em um restaurante de sua total confiança, pois uma intoxicação alimentar pode resultar até mesmo em óbito.

Armazenamento Também É Essencial

Esse tipo de alimento é um tanto quanto perecível e está propenso a uma série de contaminações microbiológicas devido à ausência de conservantes em sua composição natural.

Portanto no momento em que comprar qualquer alimento desse tipo, certifique-se de que ele estava armazenado em freezers e geladeiras com temperaturas entre -1º C a 2º C.Assim que chegar em casa já o coloque em processo de refrigeração. Isso garantirá a qualidade e estabilizará a atuação de micro-organismos.

Embora esse tipo de alimento traga uma série de benefícios à saúde, é preciso ficar atento com a qualidade antes do seu consumo.

Eu vou ficando por aqui!

Me despeço desejando saúde, paz, amor e sorte!

Gostou do texto? Compartilhe, deixe um comentário.

Forte abraço e até a próxima.

Posts Relacionados

Comentarios

  1. Ótimo post fazia tempo que estava procurando algo tão esclarecedor.

E ai gostou? Deixe aqui seu comentário