Açúcar de Coco: É Realmente Saudável? Pode Comer Sem Culpa?

Olá, aqui é o Dr. Rocha falando. Hoje quero conversar com vocês sobre um alimento que vem sendo amplamente utilizado pelas pessoas, porém, seu uso pode trazer uma série de riscos, caso as pessoas não sejam orientadas de maneira correta quanto ao seu consumo. Estou falando do açúcar de coco.

O Que É

O açúcar de coco é obtido através da seiva bruta encontrada no interior do coqueiro. Para sua obtenção é necessário fazer um corte na flor do coqueiro. Através desse corte, a seiva liquida é recolhida e passa por um aquecimento que a desidrata através do calor. O resultado disso são cristais que são utilizados para adoçar alimentos.

Ele é considerado um alimento minimamente processado, uma vez que não possui conservantes em sua composição e tampouco passa por processos de refinamento. Atualmente, ele vem sendo utilizado cada vez mais como um substituto direto do açúcar refinado.

Ambos os açúcares possuem a mesma capacidade de adoçar alimentos e quantidades de calorias semelhantes, no entanto o açúcar de coco possui menor índice glicêmico, ou seja, ele causa menores picos de glicose e de insulina no organismo de quem o consome.

Composição Nutricional

100 gramas do alimento contêm os seguintes valores nutricionais:

  • Energia 400 calorias;
  • Proteínas 0 g;
  • Gordura 0 g;
  • Carboidratos 100 g;
  • Nitrogênio 202 mg;
  • Fósforo 79 mg;
  • Potássio 1,03 g;
  • Cálcio 8 mg;
  • Magnésio 29 mg;
  • Sódio 45 mg;
  • Enxofre 26 mg.

Como já era esperado, por ser um açúcar, o alimento é rico em carboidratos e não contém quantidades significativas de proteínas, gorduras e vitaminas. Embora existam interessantes parcelas de alguns minerais, como é o caso do nitrogênio, sódio, potássio e fosforo, por exemplo.

Principais Benefícios

Muitas de minhas alunas relataram curiosidade sobre esse “novo açúcar” no mercado de alimentos, e de maneira direta me fizeram o seguinte questionamento: Dr. Rocha existem benefícios no consumo do açúcar de coco? Se sim, quais são esses benefícios?

Eu respondo que mesmo sendo um açúcar, esse alimento pode trazer alguns benefícios aos seus consumidores desde que seja consumido de maneira branda e totalmente controlada. Citarei a seguir quais são as benfeitorias desse alimento à saúde.

Rico em antioxidantes e minerais

O açúcar de coco contém uma grande variedade de minerais em sua composição, como mostrei anteriormente em sua tabela nutricional. Esses minerais tem o poder de servir como antioxidantes e regular uma série de eventos fisiológicos em nosso organismo.

Pode melhorar o funcionamento do sistema cardiovascularPode melhorar o funcionamento do sistema cardiovascular

O alimento possui boas quantidades de nitrogênio, sódio, potássio e magnésio em sua composição. A união desses sais minerais pode potencializar o funcionamento do sistema cardiovascular.

Por isso, quando ingerido de forma controlada o açúcar de coco pode prevenir algumas doenças como infarto, pressão alta, AVC e até mesmo insuficiência renal.

Porém é necessário parcimônia e cuidado com a quantidade ingerida, mesmo possuindo um índice glicêmico menor que o açúcar refinado tradicional, trata-se ainda de um açúcar e rico em carboidrato.

Composição de Carboidratos

O açúcar refinado normalmente é considerado um péssimo alimento pelo simples fato de ter um índice glicêmico elevado e fornecer calorias totalmente vazias a seus consumidores, afinal, ele possui basicamente apenas carboidratos em sua composição.

O açúcar refinado possui em sua composição 100% de sacarose que é dividida em 50% de frutose e 50% de glicose.

Já as mídias e indústria de alimentos dizem que o açúcar de coco é livre de frutose, porém isso é mentira. Esse alimento é constituído de aproximadamente de 80% de sacarose, como mostrei no parágrafo anterior, metade da sacarose é frutose.

Sendo assim, os dois tipos de açucares oferecem basicamente a mesma quantidade de frutose, ou seja, carboidratos por grama.

O Índice Glicêmico é MenorO Índice Glicêmico é Menor

Então porque o açúcar proveniente do coco possui índice glicêmico menor que o açúcar refinado, Dr. Rocha?

A resposta para isso está na inulina.

A Inulina é uma fibra que está presente no açúcar de coco. Essa fibra, assim como muitas outras possui o poder de retardar a absorção da glicose. Isso automaticamente explicar o motivo desse alimento ter um índice glicêmico inferior ao que encontramos no açúcar refinado.

Emagrecimento e Diabetes

Por conter um índice glicêmico menor, é muito grande a quantidade de alunas que acham que esse alimento pode ser utilizado livremente para um processo de emagrecimento e também por diabéticos.

Sou questionado com frequência da seguinte maneira: Dr. Rocha, o açúcar de coco auxilia no emagrecimento? E diabéticos, podem utilizá-lo de maneira livre?

A resposta para ambos os questionamentos é não. Vou responde-los em duas partes.

Emagrecimento

Falando de emagrecimento, como sempre costumo afirmar, não existe um alimento milagroso capaz de prover perda de peso rápida e duradoura. Nesse caso, o alimento citado é um açúcar, possui grandes quantidades de carboidrato em sua composição e não auxiliará no processo de diminuição de peso.

Mesmo com um índice glicêmico inferior, seu uso visando o emagrecimento pode resultar em um efeito contrário, pois a absorção de carboidratos, embora menor, ainda pode resultar em fornecimento de energia e armazenamento dela em forma de gordura corporal.

Ou seja, quem deseja emagrecer, ao consumir esse tipo de alimento corre o risco de engordar.

Consumo dos DiabéticosConsumo dos Diabéticos

quando falo dos diabéticos minha principal recomendação é: Evite o consumo de açúcar de coco. Embora possua fibra em sua composição que pode baixar o índice glicêmico esse alimento é puramente carboidrato.

Seu consumo mesmo que de maneira moderada pode elevar as chances de haver complicações do diabetes. O resultado disso pode ser o paciente vir a sofrer um infarto, um AVC, desenvolver insuficiência renal e até mesmo precisar sofrer amputações em decorrência de problemas como o pé diabético, por exemplo.

Conclusão

Embora o açúcar proveniente do coco seja taxado como um alimento benéfico que pode ser utilizado por todos, é preciso cuidado no que diz respeito a quantidade de seu consumo. Diabéticos devem evitar sua ingestão e utilização no dia a dia, a fim de evitar complicações de saúde.

Eu vou ficando por aqui!

Me despeço desejando a você muita luz, sorte, paz, amor e felicidade.

Gostou do texto? Curta, comente e compartilhe!

Forte abraço e até a próxima.

Posts Relacionados

Comentarios

  1. Maria Amgela

    Tudo muito interessante e esclarrcedor.Aprendi bastante…vou colocat em pratica.Obrigada .

  2. Elci Donizzete do Prado

    As vezes, faço caminhada e após caminhar 6 Km tomo 350 ml de água de coco.
    Tenho diabetes tipo 2.
    O que o senhor me diz?

    • suporte@drrocha.com.br

      Olá Elci, tudo bom?!

      Para saber mais sobre o programa de Diabetes, encaminhe um e-mail para a nossa equipe de suporte em suporte@drrocha.com.br
      Temos uma equipe pronta para lhe auxiliar de forma técnica e nutricional.

      Equipe de Suporte 😀

  3. Silvana E. Guimarães

    Excelente post Dr Rocha, também estava com dúvudas sobre o IG do açúcar de coco, deu pra entender melhor. Estou procurando artigos científicos sobre o açúcar de coco, tem algum para me indicar?
    Abraço

    • suporte@drrocha.com.br

      Bom dia, Silvana. Tudo bom?
      Indico a você buscar em bases de dados confiáveis como PubMed e Scielo, por exemplo.
      Qualquer dúvida é só perguntar.

      Equipe Dr. Rocha.

E ai gostou? Deixe aqui seu comentário