Domperidona → Conheça os Riscos e Saiba Como Reduzir a Dor de Estômago!

Olá, aqui é o Dr. Rocha. Tudo bem? No artigo de hoje irei falar sobre um medicamento muito indicado por gastroenterologistas que costuma trazer um pouco mais de qualidade de vida aos pacientes. Estou falando da Domperidona.

Antes de mais nada, gostaria de dizer a todos que o conteúdo a seguir possui caráter meramente informativo. Se você utiliza algum medicamento, ou recebeu indicações para fazer uso de determinado fármaco, não tome nenhuma ação antes de consultar um médico de sua confiança.

 

Bom para o Estômago

A domperidona é um tipo de medicamento que possui uma propriedade bastante peculiar, como a de acelerar o esvaziamento do estômago. Dessa forma, esse fármaco é bastante utilizado para o tratamento de dores de estômago, distensões abdominais, tratamento de náuseas e refluxo gastroesofágico.

Embora seja considerado por muitos médicos e profissionais da saúde como um medicamento seguro, a Domperidona está associada com um aumento do risco de desenvolvimento de arritmias cardíacas graves, podendo levar os pacientes a quadros de paradas cardíacas.

A exemplo do que ocorre com outros medicamentos, a domperidona é comercializada somedicamentosb outros nomes comerciais. Dentre os mais conhecidos eu cito:

  • Domperix;
  • Dompliv;
  • Dompgran
  • Molidon;
  • Motilium;
  • Motiridona;
  • Peridal;
  • Peridona;

Os medicamentos à base de Domperidona possuem uma ação antidopaminérgica, ou seja, ela age de forma a impedir a ligação de dopamina (famoso neurotransmissor) aos seus receptores D2. Essa inibição de ligação da dopamina aos receptores causa os seguintes efeitos no organismo:

  • Aumento do peristaltismo do esôfago, ou seja, aumenta a movimentação da musculatura dos músculos do esôfago, acelerando a passagem dos alimentos em direção ao estômago;
  • Aumenta a pressão do esfíncter inferior do esôfago, isso diminui as chances de haver refluxo gastroesofágico;
  • Aumento da motilidade gástrica e duodenal, acelerando o esvaziamento do estômago;
  • Ação antiemética, inibindo assim a ocorrência de náuseas e vômitos;
  • Aumento da secreção de prolactina – um hormônio responsável pela produção de leite;
  • Bloqueia os efeitos de medicamentos à base de dopamina.

Embora medicamentos sejam administrados visando uma melhora no estado de saúde, em muitas ocasiões eles trazem junto consigo alguns efeitos colaterais. Por isso, sempre recomendo a utilização de compostos naturais visando amenizar ou então neutralizar esses indesejados efeitos. No portal Viver Nature você encontra muitos exemplos de como utilizar esses medicamentos e até mesmo suplementos naturais, como o ômega 3. Saiba mais aqui!

Indicações de Uso da Domperidona

Levando em considerações os efeitos que a Domperidona é capaz de causar ao organismo, suas indicações de uso são:

  • Tratamento de náuseas e vômitos;
  • Refluxo gastroesofágico;
  • Amenização dos efeitos da gastrite;
  • Gastroparesia – esvaziamento gástrico mais lento, algo muito comum em pacientes com diabetes, saiba os sintomas aqui;
  • Azia;
  • Excesso de gases;
  • Distensão abdominal, também conhecida como barriga inchada;
  • Queimação estomacal;
  • Indução da lactação em mulheres com problemas e/ou então dificuldades em produzir leite;
  • Controle dos sintomas adversos do tratamento de Mal de Parkinson.

No vídeo abaixo você confere alguns exemplos de alimentos que poderosos contra a gastrite:

Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais causados pelo uso do fármaco costumam aparecer quando o paciente necessita de um tratamento longo ou então quando as doses são superiores a 30 mg/dia. Entre os efeitos colaterais mais comuns da Domperidona eu cito:

  • Dores de cabeças;
  • Diarreia;
  • Depressão;
  • Agitação;
  • Ansiedade;
  • Ciclo menstrual irregular;
  • Galactorreia, ou seja, secreção de leite;
  • Dores nas mamas;
  • Aumento do volume das mamas;
  • Retenção de urina;
  • Boca seca.

A ocorrência de arritmias cardíacas é um evento considerado raro e normalmente ocorre apenas em pacientes que fazem uso prolongado do fármaco e em doses superiores a 30 mg por dia, ou então que já possuam algum tipo de doença cardíaca.

Alternativa Natural

Como disse no início desse texto, sempre que for possível devemos buscar colocar em nosso dia a dia compostos naturais que auxiliem na manutenção de nosso bem-estar e saúde, ou então que amenize os efeitos colaterais causados por medicamentos. Quando pensamos em prevenir problemas estomacais isso também é possível.

Para começar, devemos sempre nos alimentar de maneira saudável e praticar atividades físicas.

Uma alimentação regrada é capaz de proteger a nossa mucosa estomacal e evitar uma série de problemas de saúde desse tipo. A prática de atividades físicas auxilia na secreção de hormônios relacionados ao bem-estar físico e mental, que têm influência direta sobre a saúde do estômago.

Cada vez mais os estudos de elevado nível de evidência científica comprovam que a alimentação saudável, aliada de atividades físicas são as formas mais eficazes para a manutenção e conservação de nossa SAÚDE. E na hora de se proteger de doenças ou mesmo dores, os remédios naturais (fitoterápicos) são alternativas melhores e menos arriscados do que os remédios convencionais.

Fitoterápicos são suplementos e remédios naturais com princípio ativo retirado diretamente de plantas medicinas ou então de alimentos funcionais. Por isso praticamente não possuem contraindicação.

Contraindicações

A domperidona é contraindicada para as seguintes ocasiões:pressão alta

  • Pacientes que apresentem histórico de alergia a qualquer componente da fórmula;
  • Pacientes com eletrocardiogramas alterados que predisponham a ocorrência de arritmias;
  • Pacientes com Doenças cardíacas;
  • Pacientes com pressão alta;
  • Pacientes que já apresentaram quadros de hemorragias gastrintestinais;
  • Pacientes com insuficiência hepática;
  • Pacientes com tumores de prolactina.

Além disso, por não haver testes mostrando segurança em pacientes grávidas ou em período de amamentação, o fármaco não deve ser utilizado por mulheres nessas condições.

É importante dizer que medicamentos não devem ser utilizados sem quaisquer tipos de prescrição médica. A automedicação pode ser fatal.

Eu vou ficando por aqui.

Se você ainda tem alguma dúvida, ou então possui experiência com a utilização de Domperidona, deixe um comentário, compartilhe esse texto. Dessa maneira, mais pessoas terão acesso a esse conteúdo e haverá uma troca de informações de qualidade que será benéfica a todos nós.

Me despeço desejando saúde, sorte e paz.

Forte abraço e até a próxima.

Dr. Rocha!

Posts Relacionados

Comentarios

  1. Horrana

    Muito bom ficar por dentro de tudo isso!

    • suporte@drrocha.com.br

      Que bom que gostou 😉

      Equipe Dr. Rocha.

  2. glória

    adorei o video

  3. Eduarda Neves

    Doutor Rocha, seus vídeos são otimos!!

    • suporte@drrocha.com.br

      =D

      Equipe Dr. Rocha.

  4. Nádia Helena

    Esse remédio é um perigo…

    • suporte@drrocha.com.br

      Com certeza 🙁

      Equipe Dr. Rocha.

  5. Isabella Meneguel

    Meu ciclo menstrual ficou totalmente desregulado depois de tomar esse remédio, bom para o estomago mas péssimo para várias outas coisas.

    • suporte@drrocha.com.br

      Há diversos efeitos colaterais 🙁

      Equipe Dr. Rocha.

  6. Vanderleia

    Muito bom Dr, parabéns

    • suporte@drrocha.com.br

      😉

      Equipe Dr. Rocha.

  7. Rosa Andreão

    Muito interessante, remédios também são drogas… Parabéns Doutor Rocha

    • suporte@drrocha.com.br

      Com certeza!

      Equipe Dr. Rocha.

  8. Tatiana

    Adoro esse blog!!

    • suporte@drrocha.com.br

      😉

      Equipe Dr. Rocha.

  9. Fátima Aragão

    Doutor, tomo domperidona para azia mas depois de ler os efeitos colaterais, vou parar. Qual remédio posso tomar?

    • suporte@drrocha.com.br

      Não opinamos sobre uso de medicamentos 🙁

      Equipe Dr. Rocha.

  10. Katarina

    Esse blog é ótimo

    • suporte@drrocha.com.br

      😉

      Equipe Dr. Rocha.

  11. Tatiana

    Ótimo saber de tudo isso

    • suporte@drrocha.com.br

      Que bom que gostou, Tatiana.

      Equipe Dr. Rocha.

  12. Yandra Gusmão

    Esse remédio é indicado para que?

    • suporte@drrocha.com.br

      Para dores no estômago, principalmente 😉

      Equipe Dr. Rocha.

  13. Gezebel

    Estou correndo contra remédios perigosos.

    • suporte@drrocha.com.br

      Melhor escolha.

      Equipe Dr. Rocha.

  14. Xa

    Como consigo falar com o suporte do site/?

  15. Leandra

    O artigo está ótimo

    • suporte@drrocha.com.br

      =D

      Equipe Dr. Rocha.

  16. Luciene Batista

    Doutor Rocha, parabéns pelo blog e pelo sucesso, adoro acompanhar

    • suporte@drrocha.com.br

      Obrigado por acompanhar, Luciene <3

      Equipe Dr. Rocha.

  17. Marinalva

    Sensacional

    • suporte@drrocha.com.br

      😉

      Equipe Dr. Rocha.

  18. Leila

    Grávidas podem tomar?

    • suporte@drrocha.com.br

      Não.

      Equipe Dr. Rocha.

  19. Thamires

    Por onde consigo comprar o ebook?

    • suporte@drrocha.com.br

      Boa tarde, Thamires.
      O 101 receitas ou o Emagreça com o Dr. Rocha?

      Equipe Dr. Rocha.

  20. Carine Cardoso

    Não estou mais recebendo os conteúdos gratuitos, como faço para voltar a receber?

    • suporte@drrocha.com.br

      Incluímos o seu e-mail na nossa lista de transmissão.
      Qualquer dúvida envie um e-mail para suporte@drrocha.com.br 😉

      Equipe Dr. Rocha.

E ai gostou? Deixe aqui seu comentário