O que causa a Caspa no cabelo? Como Tratar? (VEJA AQUI!)

Olá pessoal, como vão vocês? Aqui é o Dr. Rocha mais uma vez.

No artigo de hoje, vou falar sobre uma questão mais estética do que de saúde, mas que incomoda um grande número de pessoas: a caspa.

 

O Que é a Caspa?

o que é caspaA exemplo do que ocorre com todas as nossas células de pele em diferentes regiões corporais, o couro cabeludo também sofre com descamação. Essa descamação, serve para renovação celular.

Quando há descamação acompanhada de algum tipo de inflamação ou irritação da pele – situação chamada de dermatite, as escamas de pele se soltam sob a forma de flocos brancos, esses flocos são a caspa.

Esse problema de pele pode afetar principalmente as seguintes regiões:

  • Topo da cabeça;
  • Nuca;
  • Pescoço;
  • Bochechas;
  • Sobrancelhas;
  • Ombros;
  • Peito.

A caspa, é considerada uma manifestação clínica comum da dermatite seborreica, e afeta homens e mulheres na mesma proporção.

Diferentes Tipos

Existem basicamente dois tipos distintos de caspa. São eles:

  • Caspa seca;
  • Caspa gordurosa.

Caspa seca

É formada por pequenos pedaços de pele que ficam sobressaliente sobre diferentes regiões do corpo. Como o nome já sugere, ela é seca e pode ser facilmente removida.

Caspa gordurosa

Já a caspa gordurosa é formada por escamas com sebo aderente, proveniente do couro cabeludo ou das raízes capilares. Trata-se de um processo de descamação intenso, causado pela dermatite seborreica.

Principais Sintomas

É relativamente comum a pessoa notar alguns sinais de descamação do couro cabeludo. Entretanto, há quem não consiga visualizar o problema em si. Por conta disso quando falei sobre essa condição de saúde fui questionado da seguinte forma: Dr. Rocha, quais são os sintomas da caspa?

Esse problema, geralmente mostra sinais específicos e claros de que algo não está certo com a saúde da pele da pessoa. Quem é acometido com caspa, apresenta as seguintes manifestações:

  • Flocos de pele sobre os cabelos, sobrancelhas, ombros e pescoço;
  • Crostas de pele que descamam diretamente do couro cabeludo;
  • Coceira e vermelhidão do couro cabeludo;
  • Oleosidade na raiz capilar.

Causas 

Embora a caspa seja uma condição de saúde muito conhecida, suas causas exatas ainda são relativamente desconhecidas pelos dermatologistas. Isso é um problema que pode ser desencadeado por fatores genéticos, além de ser multifatorial, ou seja, ser causada por uma série de condições.

Portanto, as principais causas são:

  • Alterações hormonais;
  • Estresse;
  • Ansiedade;
  • Alterações climáticas;
  • Infecção da pele por fungos;
  • Manifestação pós dermatite seborreica.

Diferente do que muita gente acredita, a caspa não é causada por má higiene.

Fazendo o Diagnóstico

tratamento caspaA caspa é facilmente diagnosticada por meio de uma consulta médica. Em um simples exame físico, o dermatologista será capaz de notar a descamação.

Em algumas situações, uma raspagem do local, pode ser feita e enviada para laboratório clínico, para a realização de um exame micológico, ou seja, para pesquisar a presença de fungos que podem estar desencadeando o problema.

Com o resultado do exame em mãos, é possível fazer um direcionamento mais eficaz do tratamento.

Tratamento

É importante salientar que as caspas surgem de tempos em tempos. Elas podem ser controladas, mas não curadas totalmente.

De maneira comum, o tratamento é feito com shampoos especiais que possuem em sua composição os seguintes compostos:

  • Cetoconazol;
  • Zinco;
  • Alcatrão;
  • Selênio;
  • Ácido salicílico.

Caso o tratamento com shampoo não surta o efeito desejado, alguns medicamentos orais, à base de vitaminas, minerais e antifúngicos, também podem ser recomendados pelos dermatologistas.

Caso o paciente veja e sinta melhoras e pare o tratamento antes do término, o problema pode retornar. Por isso, seguir a orientação médica de modo adequado é fundamental para combater essa condição de saúde.

Prevenindo 

Existem algumas maneiras de prevenir a ocorrência das caspas. A seguir, mostrarei algumas que são eficazes:

  • Lavar o cabelo diariamente fazendo uso de água morna e em seguida, secá-los com o secador;
  • Evitar cutucar o couro cabeludo com a unha;
  • Realizar massagens com os dedos no couro cabeludo diariamente para potencializar a circulação sanguínea localizada;
  • Caso seu cabelo seja oleoso naturalmente, pratique uma alimentação pobre em açúcares e gorduras de má qualidade;
  • Se possível, exponha-se ao sol durante 5 minutos no começo do dia e no final da tarde.

Alimentação pode Ajudar

A caspa é potencializada pela inflamação da pele. Por conta disso, investir em alimentos com efeito anti-inflamatório sistêmico é uma ótima forma de acelerar o processo de tratamento e diminuir a reincidência desse tipo de problema.

Sendo assim, ingerir os alimentos que mostrarei a seguir, podem fazer toda a diferença na vida de quem sofre com a caspa.

chocolate 70 e 80

Suplementos Também podem ser Úteis

Fazer uso de suplementos naturais também é uma ótima forma de garantir mais saúde ao couro cabeludo e com isso evitar a caspa. Um suplemento natural que certamente ajuda nessa questão é o Vita Q10.

O Vita Q10 possui em sua composição:

A vitamina C e a vitamina E, agem diretamente sobre o organismo como agentes anti-inflamatórios sistêmicos, evitando assim, a inflamação cutânea. Além disso, potencializam o funcionamento do sistema imunológico, dificultando a infeção por fungos que podem causar a caspa.

O colágeno hidrolisado é um tipo de proteína muito conhecido por sua ação sob a pele. Essa substância fortalece a pele de todo o corpo, mantendo-a mais firme e saudável e menos suscetível a qualquer tipo de problema.

Por fim, a coenzima Q10 age diretamente sob a produção de energia corporal, além de ser considerada um anti-inflamatório natural e renovador do tecido cutâneo.

Fazer o uso correto e adequado de Vita Q10 é uma ótima forma de evitar, além de prevenir que o problema retorne.

Alimente-se de modo adequado, faça uso de Vita Q10 e nunca mais sofra com a caspa.

Com isso, chegamos ao fim de mais um conteúdo inteligente.

Gostou do artigo de hoje? Deixe um comentário, curta e compartilhe.

Eu vou ficando por aqui.

Me despeço desejando amor, paz, sorte e felicidade.

Grande abraço a todos!

assinatura dr. rocha

 

Posts Relacionados

Comentarios

  1. Celso Meireles

    Não tem nenhum xampu que resolva!!!!!!

    • suporte@drrocha.com.br

      🙁
      Equipe Dr. Rocha.

  2. Marcos Siqueira

    Deus é mais, que coisa terrivel.

    • suporte@drrocha.com.br

      🙁
      Equipe Dr. Rocha.

  3. Gilmas Fernandes

    Em quais alimentos encontro vitamina e?

  4. Angela Cupertino

    Obrigada pela explicação Dr.

    • suporte@drrocha.com.br

      😉
      Equipe Dr. Rocha.

  5. Elvira

    Meu marido detesta… obrigada vou tentar ajudar ele

    • suporte@drrocha.com.br

      😉
      Equipe Dr. Rocha.

  6. Brenda

    Bom dia dr.
    Qual contato de email?
    Obrigada.

  7. Barbara Matos

    Descobri recentemente que tenho miopia

  8. Joana Dias

    Excelente reportagem

    • suporte@drrocha.com.br

      Obrigado!
      Equipe Dr. Rocha.

  9. Marilene

    Meu nome é Marilene tenho 59 anos e tenho diabetes tipo 2. Eu preciso de ajuda pois ela esta muito descontrolada e ando passando muito mal.

  10. daniel jorge

    como faço para marcar uma consulta com o dr rocha°?

    • suporte@drrocha.com.br

      O Dr. Rocha não faz mais atendimento presencial, apenas através dos seus produtos online.
      Equipe Dr. Rocha.

E ai gostou? Deixe aqui seu comentário