Ciprofloxacino → Conheça os Segredos Desse Curioso Medicamento

Olá, aqui é o Dr. Rocha para mais um assunto sobre saúde e alimentação saudável. No artigo eu resolvi escrever sobre um medicamento antibiótico bastante prescrito por médicos e consequentemente utilizado por pacientes. Estou falando do Ciprofloxacino.

Mas antes de darmos continuidade com nosso conteúdo, gostaria de dizer que eu escrevi esse artigo para tirar dúvidas e informar sobre esse medicamento. Se você utiliza o Ciprofloxacinoou qualquer outro medicamento por orientação médica, consulte seu médico de confiança antes de tomar qualquer tipo de ação, seja para parar ou iniciar o tratamento.

Agora, você pode conciliar o seu tratamento com uma alimentação verdadeiramente saudável e também com remédios naturais que não possuem contraindicação. Pesquisas de elevado nível de evidência cientifica apontam que bons hábitos alimentares são aliados incríveis no tratamento e principalmente na prevenção de doenças. Mas é precisa separar o que é mito e o que é verdade. Descubra todo o SEGREDO aqui e se surpreenda!

 

Dito isso, é hora de seguirmos adiante.

O ciprofloxacino também é chamado de ciprofloxacina e possui como princípio ativo o cloridrato de ciprofloxacino. Trata-se de um medicamento antibiótico da família das quinolonas, quimicamente muito semelhante a outros fármacos da mesma linhagem, como o norfloxacino, ofloxacino, levofloxacino, moxifloxacino, por exemplo.

Esse conhecido medicamento é amplamente utilizado para o tratamento de infecções urinárias, diarreias bacterianas, infecções da próstata e amenização de alguns tipos de inflamação, como a colite.

A exemplo de muitos outros medicamentos, essa droga é vendida sob diferentes nomenclaturas. Entre as mais famosas eu cito:

  • Bactoflox;
  • Ciflox;outros remedios
  • Cinoflax;
  • Cipro;
  • Ciprobiot;
  • Ciprocin;
  • Ciproxil;
  • Cirok;
  • Cypro;
  • Procin;
  • Proflox;
  • Quinoflox;

O cloridrato de ciprofloxacino é comumente comercializado em comprimidos que variam entre 250, 500, 450 e 1000 mg.

Como ocorre com a maioria dos antibióticos, a dosagem e tempo de uso depende totalmente do tipo de infecção que o paciente está enfrentando.

Normalmente, médicos recomendam doses do ciprofloxacino que variem entre 250 a 500 mg a cada 12 horas. O período de tratamento também depende de maneira direta do tipo de infecção que está sendo tratada.

Os comprimidos do medicamento devem ser tomados inteiros, sem mastigar ou então partilhados, com o estômago cheio ou então vazio.

Por se tratar de um medicamento antibiótico, ou seja, que combate infecções causadas por agentes bacterianos, sua utilização sem orientação médica não é aconselhada, uma vez que pode causar resistência bacteriana e não ter eficácia alguma em futuros tratamentos.

A utilização do Ciprofloxacino pode trazer alguns efeitos colaterais que podem ser neutralizados ou amenizados com a utilização de alternativas naturais.

Indicações de Uso do Ciprofloxacino

Conforme havia dito anteriormente, o ciprofloxacino é uma quinolona de 2ª geração que possui ações contra as seguintes bactérias:

  • Staphylococcus aureus;
  • Escherichia coli;
  • Haemophilusinfluenzae;
  • Proteusmirabilis;
  • Klebsiellapneumoniae;
  • Moraxellacatarrhalis;
  • Shigella;
  • Salmonella;
  • Neisseriagonorrhoeae;
  • Enterobacteriaceae;
  • Pseudomonas aeruginosa;
  • Proteusmirabilis;

Como é possível notar, o ciprofloxacino é eficaz no combate de uma grande gama de bactérias capazes de nos trazer problemas de saúde. Sendo assim, esse tipo de medicamento é amplamente indicado para os seguintes problemas de saúde:

  • Cistites;
  • Pielonefite;
  • Colites;
  • Prostatite;
  • Gonorreria;
  • Diarreias de origem bacteriana;
  • Pneumonias;
  • Infecções intra-abdominais causadas pela presença de E.coli.

Efeitos Colaterais

dores de cabeçaO ciprofloxacino é um fármaco com boa tolerabilidade dos pacientes e com baixos índices de efeitos colaterais.

Dentre os efeitos adversos mais comuns estão a diarreia – presente em basicamente todos os antibióticos, independentemente de sua classe; dores abdominais; tonturas; vertiges; e dores de cabeça.

A exemplo do que ocorre com a utilização de outros antibióticos, o surgimento de candidíase vaginal é um efeito colateral bastante relatado na utilização desse medicamento.

Alternativa Natural

Como disse anteriormente, sempre devemos procurar pelas mais variadas alternativas naturais para tratarmos determinados problemas de saúde, ou então a fim de amenizarmos os efeitos colaterais causados por medicamentos. No caso de infecções bacterianas, essa prática é bastante aconselhada.

A primeira medida visando mais saúde é a adoção de uma alimentação saudável e também a prática de atividades físicas de modo regular.

Essas duas medidas simples e fáceis de serem realizadas são capazes de fortalecer o funcionamento de nosso sistema imunológico e prevenir ação de bactérias sob o nosso organismo.

Eu peguei as melhores informações sobre medicamentos naturais e alimentação saudável e inseri em um programa voltado para ensinar como utilizar o poder da medicina natural. Você vai descobrir que aquele chá que sua avó fazia realmente faz bem. Estou falando do Viver Nature, que já é um grande sucesso. Para fazer parte clique aqui!

 

Fitoterápicos são compostos de origem natural. Seus princípios ativos são obtidos de modo natural e orgânico de alimentos funcionais ou então plantas medicinais.

É bastante comum que esses compostos sejam armazenados e consumidos em cápsulas. Isso garante a absorção e consequentemente seus efeitos benéficos ao organismo sem qualquer tipo de problema.

Por serem compostos totalmente naturais, suplementos à base de fitoterapia dificilmente irão proporcionar efeitos colaterais ou então serão contraindicados.

A vida moderna demanda cada vez mais rapidez para tudo e com os alimentos a história se repete. As modernas técnicas agrícolas fazem com que os alimentos cresçam cada vez mais rapidamente, porém, eles se tornam cada vez mais pobres do ponto de vista nutricional, por isso, uma alimentação saudável e regrada não é mais sinônimo de saúde.

Por esse motivo acredito que a suplementação fitoterápica é de suma importância. Mas para que o uso desses suplementos naturais aconteça de modo seguro e adequado é importante conhecimento na área e informações confiáveis sobre o assunto.

Contraindicações

Por ser um antibiótico da família da quinolona, o Ciprofloxacino deve ser evitado por crianças, uma vez que pode causar lesões ósseas, como a osteoporose. Além disso, o fármaco também é contraindicado em mulheres grávidas ou que estejam em período de amamentação, pelo simples fato de ao ser consumido pela mulher ele pode ser excretado pelo leite materno e chegar ao organismo do bebê.

Pacientes diagnosticados com Miastenia Gravis também não devem fazer uso do fármaco, pois o mesmo pode piorar o quadro da doença. Em pacientes com epilepsia, o Ciprofloxacino pode facilitar crises de convulsões.

Nenhum medicamento deve ser utilizado sem que haja orientação médica. Antes de fazer uso de qualquer fármaco, consulte antes seu médico de confiança. Evite a automedicação, ela é uma prática perigosa.

Eu vou ficando por aqui.

Se você possui algum tipo de dúvida que não foi explicada no artigo, ou já utilizou esse medicamento deixe um comentário. Vamos utilizar esse espaço para troca de informações inteligentes. Isso faz com que os frequentadores desse espaço adquiram cada vez mais conhecimento.

Me despeço desejando amor, sorte e felicidade.

Forte abraço e até a próxima.

Dr. Rocha.

Posts Relacionados

Comentarios

  1. Jeiza

    Esse medicamento me ajudou bastante

    • suporte@drrocha.com.br

      😉
      Equipe Dr. Rocha.

      • joel

        Boa noite.eu gostaria de saber se sou vitma do ciprofloxacino ja tratei com muitos medicos e esses sintomas nao desapareceu;dor de cabeça e zumbido ?

        Obrigado

        • suporte@drrocha.com.br

          Joel, recomendamos que procure um médico presencial para que ele possa te auxiliar da melhor forma! 😉
          Equipe Dr. Rocha.

  2. Marcinha

    Não tive nenhum efeito colateral com esse medicamento

    • suporte@drrocha.com.br

      Que bom!
      Equipe Dr. Rocha.

  3. Roviane

    Tive candidíase e não recomendo

    • suporte@drrocha.com.br

      Como foi dito acima, “o surgimento de candidíase vaginal é um efeito colateral bastante relatado na utilização desse medicamento.”
      Equipe Dr. Rocha.

  4. Bernadete

    ótimo artigo, adoro ler

    • suporte@drrocha.com.br

      Que bom que gosta!
      Equipe Dr. Rocha.

  5. Jonacir

    Doutor Rocha, posso usar esse remédio para diarreia?

    • suporte@drrocha.com.br

      Como foi dito acima, “Esse conhecido medicamento é amplamente utilizado para o tratamento de infecções urinárias, diarreias bacterianas, infecções da próstata e amenização de alguns tipos de inflamação, como a colite.”
      Equipe Dr. Rocha.

  6. Melinda

    qual remédio posso substituir no lugar desse??

    • suporte@drrocha.com.br

      Não recomendamos nenhum tipo de medicamento, procure um médico presencial!
      Equipe Dr Rocha

  7. Stefani

    doutor como faço para emagrecer??

  8. Monica

    quero falar com o suporte, tenho dúvidas

  9. Ana Melindra

    posso dar para minha filha de 10 anos?

    • suporte@drrocha.com.br

      Como foi dito acima, “Por ser um antibiótico da família da quinolona, o Ciprofloxacino deve ser evitado por crianças, uma vez que pode causar lesões ósseas, como a osteoporose.”
      Equipe Dr. Rocha.

  10. Maria Conceição

    Me ajudou muito quando tive infecção urinária

    • suporte@drrocha.com.br

      😉
      Equipe Dr. Rocha.

  11. Manoela

    doutor me recomenda um remedio parecido, nao consigo encontrar esse

    • suporte@drrocha.com.br

      Não recomendamos nenhum tipo de medicamento, procure um médico presencial!
      Equipe Dr Rocha

  12. Lara

    muito bom!!!!1

    • suporte@drrocha.com.br

      😉
      Equipe Dr. Rocha.

  13. Manoela

    Sempre acompanho os posts, gosto muito

    • suporte@drrocha.com.br

      Que bom que gosta!
      Equipe Dr. Rocha.

  14. Ana Julia

    continue postando, doutor. adoro

    • suporte@drrocha.com.br

      Que bom que está gostando!
      Equipe Dr. Rocha

  15. Karla

    Esse remédio me da muita tontura, joguei fora

    • suporte@drrocha.com.br

      É um dos efeitos colaterais.
      Equipe Dr. Rocha.

  16. Mariane

    doutor, como compro o e-book?

  17. Estella

    Belo artigo

    • suporte@drrocha.com.br

      Obrigada!
      Equipe Dr. Rocha.

  18. José

    doutor, poste mais informações sobre remédios

    • suporte@drrocha.com.br

      Sugestão anotada!
      Equipe Dr. Rocha.

  19. Lineuza

    posso compartilhar?

    • suporte@drrocha.com.br

      Claro!
      Equipe Dr. Rocha.

  20. Benedicta Margarete

    Eu gostei muito.gota ria que Senhor falasse mais sobre depressivo para criança de 6a7 anos obrigada boa noite

    • suporte@drrocha.com.br

      Não recomendamos nenhum tipo de medicamento, procure um médico presencial!
      Equipe Dr. Rocha.

  21. Josiel

    Doutor parabéns pelo blog,fiz transplante de córnea uso timolol eo arovite.também suspeito que tenho gastrite posso tomar este medicamento.

    • suporte@drrocha.com.br

      Não recomendamos nenhum tipo de medicamento, procure um médico presencial!
      Equipe Dr. Rocha.

  22. Josiel

    Doutor parabéns pelo blog,fiz transplante de córnea uso timolol eo Pred Fort. Corrigido também suspeito que tenho gastrite posso tomar este medicamento.

    • suporte@drrocha.com.br

      Não recomendamos nenhum tipo de medicamento, procure um médico presencial!
      Equipe Dr. Rocha.

  23. Aldo Cardoso

    Tomando esse remédio por indicação médica devido PSA elevado, estão surgindo vermelhidões com coceiras no meu corpo. Isso é temporário e/ou pode gerar piores consequências? Devo parar de tomá-lo?

    • suporte@drrocha.com.br

      Recomendamos que procure um médico presencial para que ele possa te auxiliar da melhor forma!
      Equipe Dr. Rocha.

E ai gostou? Deixe aqui seu comentário