O que é a Dieta Flexível e como fazer? (SAIBA AQUI!)

Olá pessoal, aqui é o Dr. Rocha novamente. Como vão vocês?

No artigo de hoje, trago informações e desvendo as dúvidas de um novo modelo de alimentação que está entrando na moda, mas que não é tão saudável quanto pregam por aí: a dieta flexível.

 

A dieta flexível é um estilo alimentar que calcula a quantidade de macronutrientes – que são os carboidratos, gorduras e proteínas que uma pessoa pode ingerir por dia dentro de uma quantidade pré-estabelecida.

Esse tipo de alimentação é muito semelhante à dieta dos pontos, porém com uma diferença básica. Ao invés de se calcular a quantidade de calorias, a dieta flexível calcula a quantidade de macronutrientes permitidos para ingestão.

Como a Pessoa faz para Seguir essa Dieta?

perda de pesoPara seguir esse tipo de dieta, a pessoa deve entrar em sites que possuam as chamadas calculadoras de IIFYM (“If It Fits Your Macros”) e adicionar seus dados pessoais, como peso, altura, idade, sexo, práticas de atividades físicas e demais informações.

Após o preenchimento dos dados, o sistema então, calcula a quantidade de carboidratos, gorduras e proteínas que o indivíduo pode consumir, de acordo com seus objetivos colocados no site.

Os sites colocam três objetivos para a pessoa escolher. São eles:

Na aba de perda de peso, a pessoa pode escolher obter o resultado de maneira normal, agressiva e até mesmo imprudente. Já o objetivo de massa muscular só pode ser alcançado por meio de uma forma meticulosa, segundo o programa. A manutenção de peso, é a forma mais controlada de se alimentar por meio de sites que montam uma dieta flexível.

Dieta Flexível e Saúde

Como médico e preocupado com a saúde das pessoas de uma maneira geral, tomei conhecimento desse tipo de dieta, assim que ela foi lançada. Entretanto, muitas de minhas alunas, tiveram conhecimento desse modismo alimentar somente agora e me questionaram: Dr. Rocha, a dieta flexível é saudável?

Eu respondo que não. Na verdade, a dieta flexível é mais um modismo alimentar e totalmente inconsequente, uma vez que não há um profissional da saúde apto para auxiliar a pessoa em suas escolhas alimentares.

Eu como profissional da saúde, abomino esse tipo de dieta, por conta dos riscos à saúde que ela pode trazer a seus praticantes, que anseiam por um corpo bonito a qualquer custo.

dieta flexível e saúde

Riscos à saúde

Por pensar unicamente em macronutrientes a dieta flexível é um grande risco à saúde de seus praticantes. Mostrarei a seguir, como seguir essa metodologia alimentar pode fazer com que as pessoas fiquem doentes.

Deficiência de micronutrientes

deficiência micronutrientesA dieta flexível preconiza apenas a ingestão de macronutrientes, ou seja, carboidratos, gorduras e proteínas. Os micronutrientes são deixados de lado e isso é um perigo.

Os micronutrientes são as vitaminas e os minerais, que se fazem presentes principalmente em vegetais folhosos. Se uma pessoa segue um planejamento alimentar focado apenas em macronutrientes, as chances de deixar de consumir alimentos realmente saudáveis à saúde são grandes.

A deficiência de micronutrientes pode desregular o organismo como um todo, uma vez que esses compostos participam ativamente de uma série de reações fisiológicas.

Ausência ou excesso de macronutrientes

Por calcular diretamente a quantidade de macronutrientes, a dieta flexível não leva em conta necessidades específicas dos indivíduos, como práticas de atividades físicas, biótipo, fome biológica, rotina de trabalho e até mesmo presença ou ausência de patologias.

Riscos à saúde

A ausência de micronutrientes ou desequilíbrio de macronutrientes, traz uma série de riscos à saúde de seus praticantes, podendo desencadear patologias como:

Modismos Alimentares Não São Benéficos

dieta da sopaEm algumas situações eu já deixei claro para todos que me acompanham, quão perigoso pode ser ir na onda desses modismos alimentares.

Na maioria das vezes, seguir uma dieta maluca, como a dieta da sopa, a dieta dos pontos e agora a dieta flexível pode até causar um efeito erroneamente positivo em um primeiro instante. No entanto, esses efeitos duram por pouco tempo e rapidamente os danos à saúde podem ser percebidos. Uma das principais consequências de modismos alimentares é o efeito sanfona.

O efeito sanfona é caracterizado, pela perda de peso, seguida pelo ganho de mais peso. Por exemplo: uma pessoa perde 5 quilos em uma semana, mas nos dias seguintes ela começa a ganhar peso e no final das contas ela engorda 7 quilos.

O efeito sanfona é uma forma de defesa do organismo, que ocorre após uma agressão fisiológica, onde o mesmo foi submetido a um estresse nutricional, geralmente causado por um modismo alimentar.

Alimentação Estratégica é o Caminho para uma Vida Saudável

Como gosto de dizer, se alimentar de modo saudável é mais simples e prazeroso do que muita gente imagina. Uma das melhores formas de alimentação é a estratégica.

A alimentação estratégica consiste em:

  • Diminuir o consumo de carboidratos;
  • Ingerir livremente vegetais folhosos;
  • Consumir gorduras e proteínas de qualidade.

Ao diminuir o consumo de carboidratos, como pães, massas, doces, bolos e cereais, automaticamente se evita o aumento dos níveis de glicose sanguínea e liberação de insulina. O excesso de carboidratos facilita o aumento de gordura corporal, causando sobrepeso e obesidade, o que facilita a ocorrência de uma série de doenças.

Os vegetais folhosos devem ser consumidos em grande quantidade, pois, garantem o aporte necessário de vitaminas, minerais, fitoquímicos e fibra alimentar, mantendo todo o equilíbrio, do organismo.

As gorduras de qualidade ofertam energia ao organismo, sem causar aumento de açúcar no sangue e as proteínas são capazes de fornecer o suporte necessário para manutenção tecidual e fortalecimento do sistema imunológico.

Por isso, eu digo e repito: não caiam em modismos alimentares, prezem pelo simples. Ao se alimentar estrategicamente, você estará nutrindo seu corpo de forma adequada e ganhando com saúde.

Com isso, finalizo mais um conteúdo inteligente.

Gostou do artigo de hoje? Curta, comente e compartilhe.

Eu vou ficando por aqui.

Me despeço desejando paz, amor, felicidade e sorte.

Grande abraço.

assinatura dr. rocha

 

 

Posts Relacionados

Comentarios

  1. Regina

    Não faço nenhuma dieta, apenas me alimento de forma saudável

    • suporte@drrocha.com.br

      Muito bem!
      Equipe Dr. Rocha.

  2. Lauriana Mendel

    Gostei muito de ler, existem muitas dietas

    • suporte@drrocha.com.br

      😉
      Equipe Dr. Rocha.

  3. Katia Navarro

    Vejo tantas dietas na internet que as vezes me pergunto se são verdadeiras.
    Obrigada pela explicação.

    • suporte@drrocha.com.br

      Que bom que gostou!
      Equipe Dr. Rocha.

  4. Maria Nascimento

    Eu não confio nessas dietas malucas!

    • suporte@drrocha.com.br

      😉
      Equipe Dr. Rocha.

  5. Nilma

    Obrigada por nos dizer a verdade

    • suporte@drrocha.com.br

      😉
      Equipe Dr. Rocha.

  6. Antonieta do Carmo

    Eu li em varios sites mas o Dr Rocha é o mais confiável para mim

    • suporte@drrocha.com.br

      Obrigado pela confiança!
      Equipe Dr. Rocha.

  7. Suely Massutti

    O melhor a se fazer é comer alimentos saudáveis!

    • suporte@drrocha.com.br

      Exatamente!
      Equipe Dr. Rocha.

  8. Patricia Gomes

    Como ganhar massa muscular?

  9. Cleide Sardinha

    Pessoal, esqueçam dietas malucas. Vamos ter uma alimentação saudável.

    • suporte@drrocha.com.br

      😉
      Equipe Dr. Rocha.

  10. Simone Costa

    Dr quais sao as causas da anemia?

  11. Luzia Alves Camara

    Nunca fiz dieta e tenho diabete tipo2 não vou a nutricionista só como muito mato café amargo
    tenho 1 metro 59 e 54 de peso

E ai gostou? Deixe aqui seu comentário