Artrose → Veja Os Alimentos E Suplementos Que Tratam Essa Doença

Olá, aqui é o Dr. Rocha mais uma vez. No artigo de hoje eu irei falar sobre uma doença que ataca articulações e cartilagens, vou falar sobre a Artrose.

 

Definindo a Artrose

desgaste das extremidades dos ossosA artrose, que popularmente é chamada de osteoartrite, é uma doença que acomete as articulações e promove o desgaste das extremidades dos ossos. Além disso, essa condição de saúde também ataca ligamentos que são cobertos por líquido sinovial.

Como se sabe, as cartilagens, membranas sinoviais e líquido sinovial são responsáveis pelo deslizamento sem que ocorra qualquer tipo de atrito entre extremidades ósseas, ou então articulares.

O comprometimento dessas áreas corporais normalmente prejudica uma série de movimentos, além de causar dores extremas e inchaços localizados.

Em geral, a artrose afeta mãos, coluna, joelhos, tornozelos e quadris. No Brasil, essa doença atinge mais de 15 milhões de pessoas.

Causas

As principais causas são:

  • Utilização de maneira repetitiva de determinada articulação no trabalho ou para prática de atividade física, como subir escadas frequentemente ou carregar objetos pesados de maneira errônea;
  • Alterações hormonais, algo bastante comum e um tanto quanto frequentes em mulheres que já passaram pelo período de menopausa;
  • Excesso de flexibilidade articular, algo muito comum em atletas profissionais que praticam ginástica rítmica, artística, judô e até mesmo em dançarinos de balé;
  • Traumas, como fraturas, pancadas ou até mesmo torções diretas sobre determinada articulação que pode ter ocorrido há muito tempo;
  • Sobrepeso ou então obesidade, que tende a aumentar a carga sobre articulações corporais, principalmente nos membros inferiores;
  • Prática de atividades físicas sem orientação profissional durante longos períodos de tempo, tais como a musculação, por exemplo.

 

Principais Sintomas

A artrose é uma doença diretamente ligada às articulações, por isso possui sintomas bastante característicos. O sintoma mais clássico dessa doença é a dor nas articulações. Os episódios de dor costumam se manifestar e/ou então piorar no final do dia.

Além disso, os principais sintomas apresentados por pacientes portadores da doença são:

  • Inchaços;
  • Rangidos durante a realização de movimentos;
  • Calor;
  • Rigidez articular após períodos de inatividade.

Embora seja raro, é possível que pacientes sejam diagnosticados com a doença e não apresentem nenhum tipo de sintoma, levando uma vida relativamente normal.

A intensidade dos sintomas normalmente varia entre pacientes. Pacientes mais velhos tendem a ficar debilitados por causa dos sintomas.

A artrose nos joelhos normalmente está associada a ganho de peso ou então a histórico de lesões repetidas e cirurgias articulares. Esse é um problema bastante apresentado por ex-jogadores de futebol.

Quando a artrose ocorre na coluna, os pacientes podem ficar literalmente travados, sem conseguir se mexer de modo satisfatório para realização de simples atividades diárias como trabalhar. Normalmente, nervos são comprimidos causando dores atenuantes, dormência e formigamentos generalizados.

Nas mãos a artrose costuma provar a formação de nódulos duros e doloridos, causando deformações. O surgimento desses nódulos facilita o diagnóstico da doença.

Diagnóstico

Embora o exame físico dê ao médico uma noção do problema, exames complementares são necessários para o diagnóstico correto da doença. A seguir falarei um pouco sobre esses exames.

Exames de imagem

Imagens das articulações podem ser obtidas através de Raio-X ou ressonância magnética. Em ambos os exames o médico poderá visualizar a degradação de cartilagens e ossos que caracterizam a doença.

Exames laboratoriaisExames laboratoriais

Testes sanguíneos e até mesmo de líquido sinovial podem auxiliar na identificação do diagnóstico.

Exames de sangue podem auxiliar o médico a definir índices inflamatórios através de exames como o PCR, por exemplo e através do exame de ácido úrico descartar um caso de gota.

Tratamento

Infelizmente a artrose é uma doença sem cura. No entanto, existem tratamentos que visam amenizar os sintomas causados pela doença e trazer mais qualidade de vida aos pacientes. Dentre os principais tipos de tratamento eu cito:

  • Uso de medicamentos;
  • Terapias;
  • Infiltrações;
  • Cirurgia.

Falarei resumidamente sobre cada um deles

Medicamentos

Por ser uma doença extremamente inflamatória e que causa dores atenuantes, é muito comum que medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios sejam utilizados como forma de amenizar o problema e trazer mais qualidade de vida aos pacientes.

Terapias

Terapias como fisioterapia e até mesmo terapia ocupacional são importantes na manutenção de qualidade de vida do paciente.

Enquanto a fisioterapia auxilia na reabilitação e alivio das dores, a terapia ocupacional mostra aos pacientes novas formas de praticar as atividades do dia a dia.

Infiltrações

A realização de infiltrações visa inserir medicamentos nas articulações acometidas pela doença visando a diminuição de dor. Normalmente são utilizadas injeções de cortisona e ácido hialurônico.

Cirurgia

A cirurgia é vista como última alternativa após todos os outros tipos de tratamento falhar.

Normalmente a cirurgia em pacientes com a doença visa corrigir o posicionamento ósseo, substituir a articulação que não é mais funcional e até mesmo trocar próteses que já sofreram algum tipo de desgaste.

A Alimentação é importante aliada na prevenção e progressão da doença

Como costumo dizer, alimentos são como medicamentos. Os nutrientes que eles possuem são extremamente poderosos e em diversas situações podem ser tão úteis quanto medicamentos.

Mostrarei a seguir alguns exemplos de alimentos que podem ser utilizados para prevenir o surgimento e também impedir o avanço da artrose. Confiram:

azeite de olivaAlimentos ricos em ômega 3

O ômega 3 é uma gordura totalmente anti-inflamatória, capaz de proteger articulações e extremidades ósseas. Alimentos como salmão, azeite de oliva, ovos e manteiga são fontes dessa gordura de qualidade.

O ômega 3 é essencial para a nossa saúde. Infelizmente, nosso corpo não produz essa substância. Além do consumo dessa substância diretamente nos peixes, existe uma forma segura de suplementar por cápsulas.

Em caso de suplementação com cápsulas prefira produtos de qualidade. Recentemente eu lancei o Ômega Max 3 para suprir a necessidade dos meus alunos e pacientes por um produto confiável. Clique aqui para saber mais.

açafrãoRaízes naturais

As raízes naturais são consideradas por muitos médicos e eu me incluo nisso, como verdadeiros agentes anti-inflamatórios e antioxidantes. Ingerir de modo frequente o açafrão e também gengibre previne o surgimento da doença e ameniza suas dores.

Antocianina

A antocianina age como poderoso antioxidante natural, auxiliando na renovação celular de diversas partes do corpo, esse composto é muito importante na manutenção de articulações, a substância pode ser encontrada no mirtilo, romã, cereja, tomate.

Vitamina C

A vitamina C é conhecida por ser um poderoso agente anti-inflamatório capaz de reverter uma série de processos inflamatórios. É encontrada facilmente em frutas como maracujá, limão, e acerola.

A alimentação tem grande peso sobre nossa saúde. Portanto, saber nos alimentarmos de modo correto e adequado é uma excelente maneira de prevenirmos uma série de doenças e viver cada vez com mais qualidade.

Eu vou ficando por aqui.

Me despeço desejando saúde, paz, felicidade e sorte.

Gostou do artigo? Curta, comente e compartilhe.

Forte abraço e até a próxima.

Posts Relacionados

Comentarios

  1. Taís

    Amei a publicação..
    Afinal é sempre bom conhecer as doenças q pode nos atingir e prevenir da mesma… Estou sempre lendo as publicações

    • suporte@drrocha.com.br

      Com certeza! A informação é uma poderosa arma, Taís.

      Equipe Dr. Rocha.

  2. JUVENCIO BRAGA DE OLIVEIRA

    Gostei, sou seu paciente no tratamento da minha diabetes e comprei seu tratamento Diabetes Controlada e realmente ela está controlada. tenho 75 anos e sofre com dores no corpo principalmente na lombare no quadril por causa da Artrose, só que por tomar muito anti-inflamatórios meu estômago não suporta mais e tudo me faz mal ao meu estômago, tenho muita azia, refluxo e empachamento, gostaria de saber quis remédios são bons para azai, pois os médicos só passa omeprazol, e tenho lido que omeprazol faz mal para outras coisas. obrigado Dr Rocha. um forte abraço.

E ai gostou? Deixe aqui seu comentário