Dieta do Ovo → O que? Ela Realmente Funciona? Quais São Os Seus Efeitos?

Olá, aqui é o Dr. Rocha mais uma vez. No artigo de hoje irei abordar uma dieta um tanto quanto curiosa e até mesmo preocupante que se propagou diante de um grande número de pessoas. Estou me referindo a dieta do ovo.

O Que É

dieta do ovoA dieta do ovo tem atraído um grande número de adeptos. De maneira simplória, a dieta se baseia no consumo de um ovo cozido ou pochê antes das três principais refeições do dia que são:

– Café da manhã;

– Almoço;

– Jantar;

Essa dieta tem como principal intuito promover a saciedade, o que diminuiria a quantidade de alimentos ingeridos posteriormente, o que faria com que as calorias totais consumidas no dia a dia também diminuíssem levando ao processo de emagrecimento.

Some-se a isso o consumo de alimentos ligeiramente hipocalóricos, ou seja, que contenha poucas calorias em suas composições e pronto, a ideia de perda de peso foi pré-estabelecida.

Adeptos dessa dieta afirmam que o ovo promove um alto grau de saciedade, proveniente de seu alto valor de proteínas, e que também colaboraria para que a gordura corporal diminuísse no decorrer dos períodos da dieta.

Praticantes da dieta do ovo afirmam que emagrecem sem precisar passar fome, a exemplo do que ocorre em outras dietas consideradas restritivas.

A dieta do ovo consiste basicamente na ideia de que seus praticantes emagreçam de maneira consciente, ou seja, adicionem um ovo antes das principais refeições diárias e melhore a qualidade dos alimentos que serão ingeridos posteriormente.

Essa metodologia não proíbe que seus praticantes deixem de consumir determinados tipos de alimentos, como ocorre em muitas outras dietas malucas que vemos por aí, tampouco contém fases de realização. A diferença é a simples presença do ovo.

Não há propriamente um plano alimentar especifico a ser seguido, porém algumas premissas podem ajudar os praticantes a lograr êxito no que diz respeito a perda de peso.

Dentre essas premissas a principal é procurar consumir o ovo sem qualquer adição de sal, pois seus fundadores afirmam que o sal auxiliaria na retenção hídrica, o que poderia aumentar o peso total dos pacientes que se submetem a esse plano alimentar.

Cardápio

Mostrarei a seguir, algumas variações de cardápios que podem ser adotadas por quem segue esse curioso tipo de dieta.

Café da manhã

1 ovo cozido ou pochê acompanhado de:

  • Opção 1 – 1 xícara de café com leite desnatado; 2 torradas integras e ½ unidade de mamão papaia;
  • Opção 2 – 2 torradas integrais, 1 pote de iogurte desnatado light ou diet e ½ unidade de manga;
  • Opção 3 – 1 banana grande, 2 colheres de sopa de aveia e 1 xícara de café com leite desnatado.

Lanche da manhã

  • Opção 1 – 1 pote de iogurte light;
  • Opção 2 – 1 unidade de maçã ou pera;
  • Opção 3 – 1 porção de morangos crus.

Almoço

1 ovo cozido ou pochê acompanhado de:

– Opção 1 – 1 filé de frango grelhado, ½ xícara de repolho cozido e vegetais verdes folhosos a vontade;

– Opção 2 – 1 bife médio grelhado, ½ concha de feijão, folhas a vontade e 1 unidade de pepino japonês;

– Opção 3 – salada de folhas a vontade, 1 fatia de queijo branco, 4 tomates cereja picados e 2 fatias de peito de peru;

– Opção 4 – sanduíche com 2 fatias de pão de forma integral, 2 folhas de alface, 1 colher de atum em água, 1 rodela de tomate e uma fatia de queijo branco.

Lanche da tarde

  • Opção 1 – 1 unidade de pera ou maçã;
  • Opção 2 – 3 castanhas do Pará;
  • Opção 3 – 1 porção de uva e 1 copo de água de coco.

Jantar

1 ovo cozido ou pochê acompanhado de:

  • Opção 1 – salada de rúcula, uma porção de tomate cereja, alface a vontade e 1 fatia de queijo branco;
  • Opção 2 – 1 filé de salmão grelhado, 1 batata pequena cozida e ½ unidade de tomate;
  • Opção 3 – 1 filé de frango, 2 colheres de arroz integral e vegetais verdes folhosos a vontade.

Emagrecimento

Ao se depararem com minhas explicações, bem como com o exemplo de cardápio que apresentei, minhas alunas ficaram bastante intrigadas e curiosas e me fizeram o seguinte questionamento: Dr. Rocha, afinal, a dieta do ovo emagrece?

Eu respondo o seguinte. O ovo ajuda no emagrecimento quando alinhado a uma alimentação estratégica. Não adianta acha que um único alimento vai resolver o seu problema como mágica

A simples e direta inclusão de ovos antes das principais refeições diárias, sem qualquer tipo de ajuste na quantidade e qualidade da alimentação não levará nenhuma pessoa ao processo de emagrecimento.

Esse hábito, contribuirá apenas para a adição de calorias extras a alimentação de muitas pessoas que já comem de forma errada.

Eu sei que são muitas informações e por isso você pode ficar confusa, mas para ajudar você a entender como pode ser fácil emagrecer de verdade, eu quero convidar você para fazer parte do treinamento Viver Magra em 7 Semanas. Nesse treinamento você vai entender tudo sobre emagrecimento saudável. Quero acompanhar você nesse processo de transformação de vida. Clique aqui para saber mais.

 

Por ser uma dieta “livre”, a dieta do ovo permite a ingestão de uma grande gama de alimentos. Dessa forma,o processo de perda de peso pode ser um tanto quanto dificultado.

Um dos principais erros possíveis de serem observados no exemplo de cardápio que mostrei anteriormente é o livre consumo de alimentos ricos em carboidratos.

Como muitos sabem, o consumo desenfreado e livre de alimentos ricos em carboidratos faz com que os níveis de glicose sanguínea aumentem, fazendo com que haja grande liberação de insulina para captar essa glicose circulante armazenando-a em forma de gordura corporal.

Portanto, o resultado da dieta do ovo pode ser totalmente o contrário do que é proposto, ou seja, seus praticantes podem engordar ao invés de emagrecer.

Alimentação Estratégica é a Melhor Escolha

Para emagrecer de maneia saudável e duradoura, é necessário passar por uma reeducação alimentar, realizar atividades físicas constantes e por fim se alimentar de modo estratégico.

Uma alimentação estratégica consiste basicamente em evitar ou minimizar de modo grandioso o consumo de alimentos ricos em carboidratos. Aliado disso, o consumo de vegetais verdes folhosos, ricos em vitaminas e minerais deve ocorrer de maneira livre e à vontade.

As proteínas de alto valor biológico precisam ser ingeridas para que tecidos corporais sejam mantidos saudáveis, e por fim as gorduras de boa qualidade também devem ser consumidas, a fim de garantir energia suficiente para o bom funcionamento do organismo.

Emagrecer não é milagre. Emagrecer é um conjunto de boas ações que é potencializado e otimizado quando se adota uma alimentação estratégica e se deixa de lado o sedentarismo.

Adote hábitos saudáveis, alimente-se de maneira estratégica e colha todos os benefícios disso. E, para conseguir resultados melhores, faça parte do treinamento que transformou a vida de milhares de mulheres. Entre para o treinamento Viver Magra em 7 Semanas.

Eu vou ficando por aqui.

Me despeço desejando saúde, paz, amor, felicidade e sorte.

Gostou do texto? Curta, comente e compartilhe.

Forte abraço e até a próxima.

 

Posts Relacionados

Comentarios

  1. Luciano

    Nao to entendendo essa receita vindo do Dr Rocha.
    Opção 1 – 1 xícara de café com leite desnatado; 2 torradas integras e ½ unidade de mamão papaia;
    Opção 2 – 2 torradas integrais, 1 pote de iogurte desnatado light ou diet e ½ unidade de manga;
    Opção 3 – 1 banana grande, 2 colheres de sopa de aveia e 1 xícara de café com leite desnatado.

    Esses alimentos de farinha ruim com produtos desnatados, light e leite crú?

    • suporte@drrocha.com.br

      Boa tarde, Luciano. Tudo certo?
      Essa receita é referente a dieta do ovo, que caso você tenha chegado até o final do artigo vai ler que o Dr. Rocha. não concorda com o método 😉

      Equipe Dr. Rocha.

E ai gostou? Deixe aqui seu comentário