Calorias dos Alimentos : A Grande Mentira

Nós chegamos num momento da história onde felizmente há muita informação circulando pelos diversos meios de comunicação, em especial pela internet, para o bem ou para o mal.

Eu acredito que mais para o bem, pois nos outros meios de comunicação (televisão, rádio, jornal impresso, etc) quando o assunto é nutrição, a informação baseada na boa ciência ou seja, com respaldo científico (pesquisas de alto nível de evidência científica) dificilmente chega ao leitor ou ouvinte, raramente chega intacta, pois os interesses das indústrias não permitem isso.

Quantas Calorias Tem ? O Grande Problema!

Na internet estamos vivendo essa possibilidade: o acesso a informação está democratizado, o internauta pode escolher o que quer ver e experimentar aquilo que vê, pesquisar mais a fundo e até opinar.

Quando o assunto é nutrição, eu digo que estamos ainda na idade média, esse mito da contagem das calorias e a supervalorização das calorias dos alimentos, tratá-las como sendo iguais é algo absurdo e vou te mostrar o porquê disso.

Para que você possa compreender melhor, vamos comparar 375 kcal de refrigerante com 375 kcal de brócolis. Como será que cada um deles se comporta no nosso corpo?

Eu te convido a fazer essa viagem comigo para que você possa compreender de forma definitiva que as calorias não são iguais e que contar calorias é algo completamente obsoleto, inútil e só traz problemas.

Calorias dos Alimentos

Vamos começar pelas 325 kcal do seu refrigerante preferido:

Dá cerca de um copo de 300ml, que você bebe rapidamente quando vai saborear sua pizza preferida ou comer um sanduíche.

Quando você bebe esse copo de refrigerante, ele rapidamente cai na mucosa do seu estômago, desce para o intestino onde é rapidamente absorvido e cai na corrente sanguínea do seu corpo.

Só pra te lembrar, esse copo de refrigerante contém cerca de 90 gramas de açucar puro (que é feito de glicose e frutose).

Quando ele cai no seu sangue, a glicose leva rapidamente a um aumento da insulina (um hormônio chave para entender o emagrecimento saudável) que rapidamente coloca esse açúcar dentro das células do seu corpo, porque o açúcar no sangue é tóxico, faz mal, machuca, lesa as células e tecidos do seu corpo.

Quando a insulina sobe, esse açúcar é colocado dentro das células e parte dele passa pelo fígado, virando triglicerídeos ou seja, gordura no seu corpo.

Isso leva também a uma inflamação do seu corpo, pois essa gordura produz hormônios inflamatórios.

Para piorar as coisas, outra parte desse açúcar é a frutose, essa vai direto ao fígado e também se transforma em triglicerídeos (gordura) e pior do que isso, vai até o centro da fome, que se localiza no hipotálamo (cérebro) e desregula ele, isso gera o que chamo de ciclos de fome.

Você se sente faminto(a) a cada 2 ou 3 horas, ganha peso em pouco tempo. A longo prazo ocorre a resistência à insulina (lembrar que algumas crianças já apresentam isso e já estão doentes) que leva a diabetes e síndrome metabólica (diabetes, hipertensão, triglicerídeos elevados).

Isso sem falar que o refrigerante não possui nutrientes, vitaminas ou fibras. 

Agora vamos às 325 kcal de brócolis:

Lembrar que ele é um carboidrato fibroso, é rico em fibras, minerais, nutrientes e água. Quando você ingere essa grande quantidade de brócolis, ao contrário do refrigerante, ele será absorvido lentamente no seu intestino.

Boa parte dele seguirá adiante (não é absorvido) e ajudará no seu funcionamento intestinal. Como é um carboidrato fibroso, ele traz saciedade ou seja, você se sente cheio.

A absorção lenta e o fato dele ser um carboidrato fibroso praticamente não elevará a glicose no seu sangue e isso manterá a insulina em níveis baixos, não gerando ciclos de fome, não inflamando e nem engordando o seu corpo.

Outro ponto importante: ele é rico em fitonutrientes como o glucosilonato (nome complicado né? rs) que traz uma série benefícios para o corpo: previne diversas formas de câncer (inclusive de mama), ajuda o fígado a se desintoxicar, rico em vitamina C, folatos e outros minerais. 

Tabela de Calorias? Não, Obrigado!

Então entenda que a mesma quantidade de calorias pode trazer benefícios ou malefícios para seu corpo, compreende?

Infelizmente a grande maioria dos profissionais de saúde no Brasil (médicos, nutricionistas, educadores físicos, etc) ainda estão acreditando nestes mitos de contagens de calorias (inclusive alguns receitam a dieta de 1200 calorias e etc) e de que as calorias que entram devem ser comparadas com as calorias que queimamos.

O nosso corpo é um complexo sistema que utiliza os hormônios para se regular e não uma máquina que conta calorias. Se contar calorias funcionasse, não estaríamos com quase 60% da população masculina e feminina com sobrepeso e acima do peso além de diversas doenças (diabetes, pressão alta) e suas consequências funestas: derrames, infartos, cegueira, etc.

Portanto, vamos começar a aposentar a calculadora de calorias e as famosas tabelas de calorias dos alimentos!

emagreca-com-o-dr-rochaVamos parar de nos questionar quantas calorias tem um ovo cozido, quantas calorias tem um pão francês, quantas calorias tem um pedaço de bacon, quantas calorias tem uma maçã, “uffa” e por aí vai. 

Como já disse antes, você merece emagrecer sem precisar controlar a quantidade do que você vai comer!

Por último quero dizer que nossa saúde dependerá muito daquilo que comemos.

Hipócrates, já dizia isso há muitos séculos atrás.

Conte comigo sempre!

Um forte e fraterno abraço e até a próxima.

assinatura-dr-rocha

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (8.726 votes, average: 4,70 out of 5)
Loading...

Posts Relacionados

Comentarios

  1. Maria do Carmo Salvadori

    Gostei muito!
    Seus argumentos são óbvios, apesar, de nunca ter raciocinado dessa forma!!

    Somos tão condicionados, a contar calorias, Q imaginar diferente, mesmo contra à maré, traz um sentimento muito bom!

    Grata, Dr Rocha, pelos seus esclarecimentos!

    Abraços

E ai gostou? Deixe aqui seu comentário